CONCURSO PARA CONTRATO DE TRABALHO A TERMO RESOLUTIVO CERTO – Assistente Estagiário- SosTubaProf

Encontra-se aberto concurso para assistente estagiário no âmbito de um contrato de trabalho a termo resolutivo certo, cujo início está previsto para Julho de 2020.

1-Posição: O IMAR-Instituto do MAR abre concurso de recrutamento e seleção para a contratação de um Assistente Estagiário (M/F), no âmbito do projeto SosTubaProf – Avaliação da Sustentabilidade das capturas acessórias dOS TUBArões de PROFundidade nos Açores, referência MAR 2020- 16-01-03 -FMP-0040, financiado no âmbito do Programa Operacional MAR 2020 e desenvolvido pelo IMAR-Instituto do MAR, com sede no Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores.

2-Área científica: Ciências Biológicas, Ciências das Pescas

3-Requisitos de admissão: Doutoramento em Ecologia, Ciências Biológicas, Ciências do Mar ou outra área relevante.

i) Experiência de pós-doutoramento em atividades de investigação no âmbito das pescas e dos recursos biológicos marinhos vulneráveis e relevantes para a região dos Açores, apoiando os processos de tomada de decisão política;

ii) Experiência comprovada em planeamento, organização e participação em campanhas de mar para estudos de selectividade da pesca e de sobrevivência das espécies de profundidade, com bom conhecimento das problemáticas associadas;

iii) Bom conhecimento das atividades de pesca nos Açores (regime operacional, características da frota, espécies-alvo, quadro legal) com experiência comprovada em análises estatísticas a partir de dados dependentes da pesca;

iv) Bom conhecimento da diversidade e ecologia dos tubarões de profundidade, em particular bons conhecimentos de identificação/taxonomia de tubarões de profundidade dos Açores, e das problemáticas relacionadas com as suas capturas indesejadas;

v) Boas capacidades de comunicação (oral e escrita) em português e inglês,

vi) Motivação, independência e capacidade de trabalho em equipa

Será dada preferência aos candidatos com experiência de trabalho à bordo dos barcos de pesca profissional e com experiência de colaborações com pescadores e/ou de transferência de conhecimento para públicos variados.

Caso o diploma de doutorado tenha sido concedido por uma instituição de ensino superior estrangeira, esse diploma deverá obedecer ao disposto no Decreto-Lei nº.  66/2018, de 16 de agosto até à assinatura do contrato.

4-Funções: O candidato terá como funções específicas:

  1. Coordenar e gerir o projecto SosTubaProf, incluíndo a gestão financeira do projecto,
  2. Desenvolver e implementar o programa de auto-amostragem pelos pescadores das capturas de tubarões de profundidade, dando formação aos pescadores para identificar as espécies capturadas.
  3. Planear, organizar e participar nas experiências de selectividade dos palangre de profundidade em relação aos tubarões de profundidade, e analisar os dados recolhidos.
  4. Planear, organizar e participar nos estudos de sobrevivência dos tubarões de profundidade capturados com palangre de fundo com uso de acelerometros, desenvolver e testar um dispositivo de libertação à bordo dos navios de pesca profissional, e analisar os dados recolhidos.
  5. Planear, organizar e participar nas campanhas cientificas previstas no âmbito do projecto, e analisar os dados recolhidos para estimar a diversidade e abundâncias dos tubarões de profundidade.
  6. Identificar e estudar os habitats essenciais dos tubarões de profundidade.
  7. Comunicar e discutir os resultados do projecto de forma regular com os parceiros, e especificamente os pescadores.
  8. Participar na elaboração de relatórios de projeto e de artigos científicos.

5-Legislação aplicável: Código do Trabalho, aprovado pela Lei n.º 7/2009, de 12 de fevereiro, com todas as alterações sucessivamente introduzidas.

6- Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido no IMAR Instituto do MAR, com sede no Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores na Horta (Ilha do Faial).

7- Duração do contrato  O contrato vigorará por 12 meses e será eventualmente renovável, nos termos da lei até final do projecto. Em nenhuma circunstância o contrato vigorará para além do prazo previsto para a execução do Projeto, não podendo, igualmente, exceder o limite legal de dois anos.

8-Valor da remuneração: A remuneração será equiparada, apenas para este efeito, ao estabelecido na regulamentação portuguesa para trabalho em funções públicas, para a categoria Assistente Estagiário, Indice 110 correspondendo a um salário mensal iliquido de 1805.91€, incluindo todos os benefícios previstos na legislação Portuguesa.

9-Processo de seleção: A avaliação basear-se-á na avaliação curricular e da carta de motivação, considerando os elementos que demostrem as capacidades requeridas neste anúncio bem como o cumprimento dos critérios de admissão. Uma entrevista pode eventualmente ser exigida.

10-Prazo e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 20 de maio a 2 de junho de 2020.

As candidaturas devem ser formalizadas por correio eletrónico incluindo os seguintes documentos: carta de motivação; Curriculum Vitae detalhado e cópias de certificados de grau académico assim como outros certificados profissionais e outra documentação considerada relevante. As candidaturas podem ser submetidas em Português ou Inglês. As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico devidamente identificadas com o assunto: “Concurso Assistente Estagiário SosTubaProf “para Sandra Silva (sandra.eg.silva@uac.pt) com CC para Eva Giacomello (evagiacomello@gmail.com)

11-Composição do Júri de Selecção: Eva Giacomello (presidente), Jorge Fontes (vogal) e Pedro Afonso (vogal). A composição do júri pode ser alterada em virtude de eventual conflito de interesses com candidatos concorrentes.

12-Forma de publicitação/notificação dos resultados Os resultados da avaliação serão apresentados como uma lista ordenada por pontuação individual e enviados por correio eletrónico a todos os candidatos. Caso a decisão seja desfavorável os candidatos dispõem de um prazo de 10 dias úteis para se pronunciarem. O candidato selecionado será notificado por correio eletrónico. O júri reserva-se ao direito de não atribuir o contrato no caso em que nenhum candidato apresente a formação académica exigida, as qualificações requeridas e/ou não apresentem as condições e/ou perfil considerados necessários para a execução eficaz das tarefas previstas no Projeto.

Últimos destaques

Mais notícias