História

1976

Com a criação da Universidade dos Açores (UAc) em 1976, um dos seus departamentos (Oceanografia e Pescas – DOP) ficou localizado na cidade da Horta, ilha do Faial, com o objetivo de desenvolver atividades de I&D em ciências marinhas. Os recursos humanos deste departamento foram aumentando ao longo dos anos com a contratação de técnicos, investigadores e professores, acompanhado por uma crescente notoriedade a nível nacional e internacional.

1991

Respondendo às políticas do governo nacional para incentivar a investigação científica, em 1991 a UAc, juntamente com outras 8 instituições públicas nacionais, criou o “IMAR-Instituto do Mar”, uma associação sem fins lucrativos. Desde então, o IMAR passou a gerir um crescente número de projetos de I&D regionais, nacionais e internacionais. Nos Açores a atividade do IMAR foi assumida pela equipa do DOP. Esta dinâmica permitiu contratar novos investigadores, estimulou a produção científica e reforçou o reconhecimento a nível nacional e internacional.

1999

Em 1999 esta unidade foi acreditada a nível nacional pela FCT como centro de investigação (#531).

2013 – 2001

Face às novas exigências de financiamento plurianual da FCT, o IMAR, em associação com outros centros de investigação nacionais, formou em 2001 o LARSyS – Laboratório Associado e, em 2013, o MARE – Centro de Ciências Marinhas e Ambientais.

2015

Em 2015, a UAc passou por um profundo processo de reestruturação, separando a componente académica (licenciaturas, mestrado e doutoramentos) das atividades de investigação científica, criando novas regras internas para os seus centros de I&D. O DOP foi integrado na Faculdade de Ciências e Tecnologia da UAc, assegurando apenas funções académicas. A fim de manter as atividades de I&D tradicionalmente realizadas no campus da Horta UAc, foi então criado o novo centro I&D Okeanos, para continuar com as atividades de investigação científica marinha na UAc.

Para mais informações e questões contacte-nos!

Contactos